A Primeira Guerra Mundial

Margaret MacMillan

#811

7 de junho de 2019

O darwinismo social também serviu para reforçar posições muito mais antigas, entre outras a expressada por Hobbes, de que as relações internacionais não passavam de intermináveis manobras entre nações em busca de vantagens e, nessa luta, a guerra era admissível e até desejável. “Não será uma guerra,” perguntou um artigo do Journal of the Royal […]

#798

21 de maio de 2019

Em 1914, às vésperas da guerra, Oswald Spengler completou sua grande obra “O Declínio do Ocidente”, em que defendia haver ciclos naturais de vida para as civilizações e que o mundo ocidental chegara a seu inverno. No fundo, boa parte da preocupação com a degeneração e o declínio da sociedade resultava de ampla adesão às […]

#797

20 de maio de 2019

“Já desde muito tempo, toda a cultura europeia vem experimentando fortes tensões que aumentam a cada década que passa, como se estivesse a caminho de uma catástrofe: ininterrupta, violenta, precipitada como um rio que quer chegar à sua foz”. Nietzsche, que com apenas 24 anos se tornou professor em Basileia, era brilhante, complicado e tinha […]

#775

25 de abril de 2019

Quando os canhões silenciaram, em 11 de novembro de 1918, o mundo estava bem diferente do que fora em 1914. Em toda a Europa as velhas fissuras nas sociedades, temporariamente empapeladas no começo do conflito, ressurgiram à medida que a guerra seguiu seu curso, trazendo ônus cada vez mais pesados. À medida que a intranquilidade […]

#774

23 de abril de 2019

Naquele outono, alemães e aliados fizeram esforços desesperados para desbordar as posições do inimigo. As baixas se acumularam, mas a vitória continuava indefinida. No fim de 1914, 265 mil soldados franceses tinham morrido, e os ingleses perderam 90 mil homens. Alguns regimentos alemães sofreram 60% de baixas. No outono, os alemães perderam 80 mil homens […]

#771

20 de abril de 2019

Dia 4 de agosto, o que Theodore Roosevelt chamou “aquele grande tornado negro” assolou a Europa. Como súbita tormenta de verão, a guerra colheu muitos de surpresa, mas no começo pouco se fez para escapar do conflito. Para muitos europeus, foi um alívio ver a espera terminada e até se sentiram bem ao ver suas […]

#769

18 de abril de 2019

No leste, a marcha dos eventos rumo à guerra se acelerava. Os planos militares, com sua natural tendência para a ofensiva, se transformavam em argumento para a mobilização, para que se pudesse, desde logo, deslocar mais tropas para suas posições e ficar em condições de lançar um ataque antes que o inimigo guarnecesse suas fronteiras. […]

#768

17 de abril de 2019

Cada vez mais o imperialismo era visto como expressão de vitalidade e poder de uma nação e um investimento para o futuro, e não mais como meio de assegurar espaço para expansão. Como afirmou o almirante Tirpitz em 1895, quando sonhava com um grande Império e uma grande marinha alemã: “Em minha opinião, no próximo […]