Uma história comestível da humanidade

Tom Standage, Reino Unido

#625

7 de outubro de 2018

O cultivo de cravos no Oriente fora do controle holandês era punido com pena de morte, e o comércio clandestino reprimido. O porto de Makassar, um centro comercial regional onde os ingleses, portugueses e chineses iam comprar cravos contrabandeados, foi fechado. Houve um caso semelhante nas ilhas da Banda, que ficavam ali perto e eram […]

#624

6 de outubro de 2018

Quando Francis Drake passou pelas Molucas em 1579, e observou que as ilhas produziam uma “abundância de cravos, de que nos abastecemos em grande monta, tão grande quanto nosso desejo de que seu preço fosse muito baixo”. A viagem de Drake inspirou várias tentativas subsequentes de outros marinhos ingleses, todas terminadas em fracasso. Durante algum […]

#603

30 de agosto de 2018

Como que para enfatizar o vínculo entre o domínio botânico e o geopolítico, alguns jardins botânicos eram planejados para representar o mundo. Em sua maioria, eram quadrados e divididos em quatro partes — uma para a Europa, uma para África, uma para Ásia e uma para as Américas. Depois, essas áreas eram progressivamente subdividas, até […]

#602

28 de agosto de 2018

No campo da “botânica econômica”, a busca pelo conhecimento científico caminhava de mãos dadas com os interesses nacionais, e jardins botânicos estavam sendo criados no mundo todo como laboratórios coloniais. Os líderes incontestes no campo da botânica econômica no fim do século XVII eram os holandeses, que, à época, haviam tirado os portugueses do caminho […]

#485

24 de dezembro de 2017

O arroz aparece em inúmeros mitos nos países onde é cultivado. Em mitos chineses, ele aparece para salvar a humanidade quando ela está a beira da inanição. Segundo uma história, a deusa Guan Yin apiedou-se dos seres humanos famintos espremeu seus seios para produzir leite, que escorreu para as espigas antes vazias dos pés de […]

#484

23 de dezembro de 2017

Os ancestrais dos seres humanos modernos distanciaram-se dos macacos cerca de meio milhão de anos atrás, e seres humanos “anatomicamente modernos” surgiram a cerca de 150 mil anos. Os seres humanos primitivos eram caçadores-coletores que subsistiam com plantas coletadas e animais caçados na natureza. Foi somente nos últimos 11 mil anos, aproximadamente, que se começou […]

#465

8 de novembro de 2017

O renascimento da Ásia tem muitas causas, mas não teria sido possível sem o espetacular aumento da produtividade agrícola provocado pela revolução verde. Entre 1970 e 1995, a produção de cereais na Ásia dobrou, o número de calorias disponíveis por pessoa aumentou 30% e os preços do trigo e do arroz caíram. O impacto imediato […]

#459

25 de outubro de 2017

Uma característica notável da trajetória econômica do mundo é que durante a maior parte da história humana a Ásia foi a região mais rica da Terra. Estima-se que no primeiro milênio da era cristã ela era responsável por 75% da produção econômica mundial. Não que as pessoas ali fossem individualmente mais ricas; a renda per […]

#326

18 de dezembro de 2016

O sistema de produção de cana-de-açúcar baseado em mão de obra escrava foi transplantado para a ilha da Madeira, no Atlântico, nos anos 1420, depois que ela foi descoberta pelos portugueses. Durante os anos 1440, Portugal aumentou sua produção com o uso de grande número de escravos negros trazidos de seus novos postos comerciais na […]

#325

17 de dezembro de 2016

Se o milho que Colombo levou para o leste foi uma benção, a cana-de-açúcar que ele levou para o oeste foi uma maldição. Tendo trabalhado na juventude como comprador de açúcar para comerciantes genoveses, Colombo conhecia esse cultivo. Percebeu que as novas terras que tinha descoberto seriam apropriadas para a plantação desse lucrativo produto, e […]

#305

30 de outubro de 2016

Embora o milho fosse inicialmente encarado por eruditos europeus como uma curiosidade botânica, logo ficou claro que ele era apropriado para o clima mediterrâneo do sul e que era, na verdade, um produto agrícola extremamente valioso. Na década de 1520, ele já era cultivado em várias partes da Espanha e do norte de Portugal, e […]

#304

29 de outubro de 2016

A Troca Colombiana, como o historiador Alfred Crosby a denominou, foi assim chamada porque realmente começou com o próprio Cristóvão Colombo. Embora muitas outras pessoas tenham transportado plantas, animais, pessoas, doenças e ideias entre o Velho e o Novo Mundo nos anos seguintes, Colombo foi diretamente responsável por duas das primeiras e mais importantes trocas […]

#162

29 de novembro de 2015

Uma série de períodos de fome no século XVIII valeu à batata alguns amigos altamente posicionados. Quando as safras fracassaram em 1740, Frederico o Grande, da Prússia, recomendou insistentemente a produção mais ampla do tubérculo entre seus súditos. Seu governo distribuiu um manual que explicava como cultivar o novo produto e distribuiu batatas-sementes gratuitas. Na […]

#159

22 de novembro de 2015

Diferentemente do milho, que era percebido como um primo até então desconhecido do trigo e de outros grãos, as batatas eram estranhas e estrangeiras. Não eram mencionadas na Bíblia, o que sugeria que Deus não pretendera que os homens a comessem, diziam alguns clérigos. A aparência inestética, malformada, também repelia as pessoas. Para herbanários que acreditavam […]

#150

5 de novembro de 2015

Os europeus tiveram o primeiro contato com as batatas nos anos 1530, quando os conquistadores espanhóis se aventuraram na tomada do Império Inca, que se estendia até a costa oeste do continente sul-americano. Elas eram o esteio da dieta inca, ao lado do milho e do feijão. Originalmente domesticadas na região do lago Titicaca, espalharam-se […]

#129

20 de setembro de 2015

A “Troca Colombiana” de produtos entre o Velho e o Novo Mundo, na qual trigo, açúcar, arroz e bananas deslocaram-se para oeste e milho, batatas, tomates e chocolate deslocaram-se para leste (mencionado apenas alguns exemplos), representa uma grande parte da história, mas não toda ela. Os europeus também deslocaram produtos agrícolas de um lado para […]

#128

19 de setembro de 2015

O retrato do rei Carlos II da Inglaterra pintado por volta de 1675 não é simples como parece. O rei é mostrado usando um paletó até a altura dos joelhos e calções, de pé nos primorosos jardins de uma grande casa. Dois cães spaniels o acompanham, e perto dele ajoelha-se John Rose, o jardineiro real, […]

#106

29 de julho de 2015

A palavra especiaria vem do latim species, que é também a raiz de palavras como especial, especialmente e assim por diante. O sentido literal de species é “tipo” ou “variedade” – a palavra ainda é usada nesse sentido em biologia –, mas ela passou a denotar itens valiosos porque era usada para designar os tipos […]