#509

18 de fevereiro de 2018

Em 507 d.C, uma confederação de tribos germânicas conhecidas coletivamente como francos, pagãos lançadores de machados que haviam assumido o controle de boa parte do norte da Gália, conquistou uma grande vitória que estendeu seu controle ao sul, até o Mediterrâneo — e agentes bizantinos, se apressando em congratula-los, concederam a Clóvis, seu rei, o […]

#508

17 de fevereiro de 2018

O império cristão, cuja concepção se forja ao longo da segunda metade do século VIII, não é uma ressurreição do Império romano, mas a inserção da ação imediata numa continuidade histórica que é preciso avaliar e numa perenidade que é preciso garantir: a da norma rectitudo, daquilo que “agrada a Deus”. Carlos Magno será aquele […]

#488

31 de dezembro de 2017

No século V a.C., pelo menos 6 províncias chinesas fabricavam seda, e, em cada primavera, a imperatriz abria a temporada do cultivo da seda. Era um trabalho árduo reservado às mulheres. As filhas, mães e avós das famílias dedicavam bastante tempo durante o dia para alimentar e cuidar dos bichos-da-seda, separar os casulos e tecer, […]

#293

2 de outubro de 2016

Por mais poderosos que pudessem ser esses dois formidáveis inimigos, sarracenos e bizantinos pelo menos ofereciam a tranquilidade do conhecido. Muito mais preocupante para o papa era uma ameaça que parecia ter surgido do nada, quase da noite para o dia. Em 1050, depois de sua excursão ao norte, o inquieto Leão IX seguiu rumo […]

#292

1 de outubro de 2016

Por mais impressionante que as reformas e o súbito brilho do prestígio papal parecesse aos cristãos, ele ainda assim continuava a ser em grande medida algo feito de fumaça e reflexos: Acima de tudo, Leão IX carecia daquilo que em um mundo decaído mesmo o mais humilde castelão precisava ter: um punho de ferro. Isso […]

#227

30 de abril de 2016

Quando o Sultão Mehmed II entrou em Constantinopla em seu tordilho naquela tarde de terça-feira, foi primeiro a Santa Sofia, a igreja da Santa Sabedoria, e pôs a basílica sob sua proteção antes de ordenar que fosse transformada em mesquita. Cerca de 65 horas mais tarde, retornou à basílica para as preces e rituais do […]

#223

20 de abril de 2016

“Nunca houve ou haverá acontecimento mais terrível,” anotou um escriba monástico em Creta, quando em junho de 1453, chegou à ilha a notícia da queda de Constantinopla diante dos turcos. Esse clima de horror ecoou no Papado em Roma, na Veneza republicana, em Gênova, em Bolonha, em Florença e em Nápoles, como também nas cidades […]

#156

15 de novembro de 2015

Os primeiros séculos do cristianismo permanecem tão envoltos em mistério que ninguém sabe como os primeiros papas eram eleitos. São Pedro, mais tarde reconhecido como o primeiro papa, não tinha trono nem cerimônias perfumadas de incenso nem grandes basílicas, e muito poucos dogmas católicos. Indo de casa em casa, vestindo uma grosseira túnica de linho […]

#122

5 de setembro de 2015

Quando o último imperador romano abdicou, em 476 d.C., só sobrou o imperador da distante Constantinopla. Em caso de necessidade, ele às vezes enviava tropas para ajudar Roma; mas geralmente não fazia nada, já tendo problemas suficientes perto de casa. Assim sendo, o povo romano passou a esperar que a única autoridade restante na cidade […]

#106

29 de julho de 2015

A palavra especiaria vem do latim species, que é também a raiz de palavras como especial, especialmente e assim por diante. O sentido literal de species é “tipo” ou “variedade” – a palavra ainda é usada nesse sentido em biologia –, mas ela passou a denotar itens valiosos porque era usada para designar os tipos […]

#97

4 de julho de 2015

Infinitamente mais que qualquer potência cristã, eram os reinos daqueles que mais desejavam conquistá-la, os seguidores de Maomé, que ofereciam à Nova Roma [Constantinopla] o melhor reflexo de seu próprio esplendor e sofisticação. — Cortes cobertas de joias e sedas, cidades imensas e pujantes, banhos e fontes borbulhantes, burocracias e exércitos regulares: os sarracenos tinham tudo. […]